google news siga nos

Primo vascaíno recorda passado torcedor de Yuri, novo volante do Vasco – VASCONet – site de notícias do Clube de Regatas Vasco da Gama

SIGA-NOS

Primo vascaíno recorda passado torcedor de Yuri, novo volante do Vasco Domingo, 19/12/2021 – 11:17 Yuri foi anunciado nesta sexta como primeiro reforço do Vasco para 2022, mas sua relação com clube vem de berço. Vascaíno de arquibancada na adolescência, o volante passou por várias equipes brasileiras e até pelo Japão antes de realizar o sonho de colocar a Cruz de Malta no peito, como atleta profissional, aos 27 anos.

Yuri ainda não foi apresentado, mas postou nas redes sociais, após o anúncio, que um filme passou em sua cabeça e recordou de quando ia para São Januário torcer com seus primos e tios. O ge conversou com Luís Oliveira, primo muito próximo e companheiro de arquibancada, quando os dois eram mais novos. Além do parentesco, eles têm a mesma idade, foram criados juntos, vizinhos, no Parque Colúmbia, na Pavuna, Zona Norte do Rio de Janeiro. Luis considera Yuri seu irmão e ainda está tentando assimilar a contratação dele para o clube de coração.

– Acordei ainda sem acreditar. A ficha só vai cair quando o Yuri estiver jogando com a camisa do Vasco – disse Luis.

Luís e Yuri Lara ao fundo, mais jovens, com a camisa do Vasco em um churrasco de família

– Sempre fomos torcedores do Vasco, fomos a alguns jogos. Em 2011 comemoramos para caramba o título da Copa do Brasil. Até 2013 ele era bem mais torcedor. Depois que ele subiu para o profissional, foi para o Bahia e ficou mais contido, tinha medo que isso pudesse prejudicá-lo de alguma forma. Ele virou um cara mais profissional, mas eu continuei acompanhando o Vasco. E sempre conversávamos sobre o Vasco. Agora, graças a Deus, veio essa chance dele realizar esse sonho. Sonho dele e da família – comemorou o primo do jogador.

A vontade de ver o primo no Vasco é antiga. Luís tem registros de conversas no WhatsApp em 2016 e 2019, quando os dois brincavam e comentavam no aplicativo de mensagem sobre o sonho de Yuri jogar no clube do coração.

Em 2011, Luis e Yuri na comemoração do título do Vasco na Copa do Brasil SIGA-NOS Em 2011, Luis e Yuri na comemoração do título do Vasco na Copa do Brasil

Campanha na internet

Dessa vez, no entanto, Luis fez mais do que sonhar e arregaçou as mangas para ajudar o primo a ir para São Januário. Após uma grande temporada pelo CSA, quando foi o maior ladrão de bolas da Série B, Yuri ficaria sem contrato no fim do ano, e Luís resolveu agir.

Primeiro, o primo do novo volante do Vasco procurou funcionários do clube no Twitter. Conseguiu contato, mas não com responsáveis pela área de desempenho. Foi aí que ele resolveu procurar João Almirante, influenciador vascaíno nas redes sociais.

Sonho antigo: conversa entre os dois em 2016, quando já falavam sobre a possibilidade de Yuri jogar no VascoSonho antigo: conversa entre os dois em 2016, quando já falavam sobre a possibilidade de Yuri jogar no VascoConversa entre os primos em 2019Conversa entre os primos em 2019

– Procurei o João Almirante, nunca tinha falado com ele. Mandei uma mensagem e falei para tentarmos trazer o Yuri, contei que ele era vascaíno, mandei uma foto dele mais jovem com a camisa do Vasco. O Almirante queria divulgar, falei com Yuri, que liberou a publicação da foto. E aconteceu. A torcida viu que ele tinha feito uma boa Série B e pediu a contratação. O negócio tomou uma proporção muito grande na internet. O Yuri me chamou de maluco (risos). Até aí ele não tinha me falado nada sobre proposta.

Muito querido pela torcida do CSA, Yuri esteve próximo de renovar. Mas balançou diante do interesse do time de infância e da família. A mobilização da torcida nas redes sociais também pesou no acerto.

– O Yuri chegou ao Rio no dia 11 (sábado). Nos vimos no domingo, ele não tinha me falado nada. Na segunda, fomos para a casa do pai dele fazer um churrasco. Quando passamos no mercado ele me contou sobre a proposta do Vasco. Fiquei maluco e disse: “Assina logo”. Ele tinha outras propostas, tinha uma do Grêmio e de um clube da Série A. Na emoção eu falei que tinha que vir para o Vascão.

– O CSA queria renovar. Ele estava inclinado a renovar com CSA antes, a torcida gosta muito dele, ele gosta muito do clube e de Maceió. Mas escolheu o Vasco. Era um sonho não só dele, mas da família, que tem muito vascaíno. Isso contou muito.

Luis e Yuri com a camisa do Vasco na adolescênciaLuis e Yuri com a camisa do Vasco na adolescência

Luís viu o primo jogar em São Januário há pouco tempo. No fim de outubro, com boa atuação de Yuri, o CSA venceu o Vasco por 3 a 1, jogo que iniciou a derrocada do time carioca na Série B. Agora, a expectativa é de ver o primo no estádio com a camisa do Vasco. Luís revelou que o volante também está ansioso e aposta que a relação dará certo.

– Ele está muito animado. É um cara mais na dele, não gosta muito de mídia. Mas me disse que estava feliz para caramba e não está acreditando que vai jogar no Vasco. Ele sabe da pressão, mas está doido para estrear. Ele sabe que estamos com uma expectativa grande, quer corresponder à expectativa do torcedor. Estamos torcendo para dar tudo certo. Se ele fizer um ano como fez no CSA, tenho certeza que a torcida vai gostar. Ele dá a vida em campo.

Fonte: ge

Compartilhe

Like this:

Like Loading…

Relacionado

Fonte: vasconet.com.br/2021/12/19/primo-vascaino-recorda-passado-torcedor-de-yuri-novo-volante-do-vasco